sexta-feira, 1 de abril de 2011

Parando pra ouvir

Está pra existir alguém com mais opiniões que eu. Eu tenho algo a falar sobre tudo, já repararam?
Eu gosto de falar. Eu gosto de analisar e criticar. Basta ler minhas redes sociais.
Tenho algo a dizer sobre a política, algo a dizer sobre a teologia da prosperidade, algo a dizer sobre o aquecimento global, algo a dizer sobre o mundo evangélico, algo a dizer sobre novas leis.
Eu gosto de falar.
E de tanto falar, acabei esquecendo de parar para ouvir.
 Às vezes você não tem a sensação de que é impossível estar em silêncio? Mesmo quando se está só, tem sempre alguém pra falar com a gente na internet. Hoje em dia falamos e ouvimos o tempo inteiro. Estamos conectados o tempo inteiro (literalmente).
Só que de nada adianta se conectar horizontalmente quando a voz do Pai está tão distante.

Hoje me deu saudades de Deus. Saudades de ouvir a voz Dele.
Uma vez ouvi uma pregação do pastor Gustavo Bessa que me marcou muito. Ele disse que "nós cristãos às vezes temos o hábito de nos alimentar por sonda. "Comemos" aquilo que já foi mastigado ". E é a mais pura verdade.
Eu tenho recebido muito bom alimento, graças a Deus, mas vejo que ficar ligada numa sonda não vai me manter saudável por muito tempo. Se eu não começar a abrir a minha boca para receber meu próprio alimento, uma hora irá faltar nutrientes.
Eu disse que gosto de falar sobre tudo. Mas sinto saudades de ouvir o Pai em secreto e manter nossa conversa em secreto. Às vezes, Deus está falando comigo, mas eu sinto que imediatamente tenho que falar aquilo às outras pessoas.
É o seguinte meu querido leitor: Eu demorei pra perceber que a imensa maioria das pregações, palavras, leituras, vídeos e afins que escuto , são direcionadas a MIM.
Eu não tenho que compartilha-la em todas as minhas redes sociais, pra que todos vejam que espiritualidade brilhante eu tenho.
Meu coração tem sido aquela semente que caiu em meio as pedras:"ouve a palavra, e logo a recebe com alegria; Mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração."


Deus gosta de relacionamentos diretos. Só há um Mediador entre nós e Ele e somente um Mediador entre Ele e as outras pessoas. Jesus nos convida a ser seus amigos. Amigos!!! Palavra tão preciosa! Quem tem uma amizade verdadeira, sabe a profundidade deste tipo de relacionamento. 
Sejamos amigos, parecidos com Ele! Falemos com Ele, cantemos a Ele! E não só entre outros, mas sozinhos, no secreto, como Ele tanto deseja!
Ah, eu sinto saudades de ter Jesus como meu melhor amigo. Tanta coisa, tanta gente tem ocupado lugar na minha mente...


Eu não escrevo hoje pra agradar ou surpreender ninguém. Não escrevi um texto brilhante, não darei um fim surpreendente a este post. 
Escrevo hoje sobre uma enfermidade que tem me afligido e divulgo este texto, porque talvez outros compartilhem desta minha mesma dificuldade. 
Eu creio que somente Deus pode trazer nossa cura. Creio que somente Deus pode nos comover diante da preciosidade do Evangelho. Creio que somente Deus pode redirecionar nossas prioridades para Si. 
Que seu precioso sangue e sua maravilhosa graça nos surpreendam a cada manhã!
Que o nosso coração se prostre diante de Sua grandeza!
E que por fim, sejamos como a semente que caiu em terra boa e frutificou.


Deus te abençoe!

Um comentário:

  1. Nossa, Amanda... a "carapuça serviu direitinho". Seu texto foi uma confirmação de algo q Deus já estava falando ao meu coração, e q agora ficou mais claro ainda. Tudo q eu ouvia de palavra, q era pra mim, q eu achava maravilhosa, eu "publicava" nas minhas redes sociais. E realmente, Deus fala as coisas pra gnt, a gnt recebe, fica empolgado, e sai espalhando, parece até q pra mostrar como somos "super espirituais", como recebemos "altas palavras de Deus", e as vezes fazemos isso até sem perceber!! Acho q agora é o tempo de curtir mais o Senhor mesmo, a intimidade com o Pai, sem precisar forçar pra mostrar nada pras pessoas. Q o Senhor continue falando ao seu coração, e q vc (nós) saiba(mos) receber da forma correta! :)

    ResponderExcluir