quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Egocentrismo

Poeminha velho que achei perdido aqui nos meus rascunhos .

Então vai. Se afoga no mar de solidão e tenta imergir por si só.
Dá um beijo na vida e pede pra ela te corresponder.
Acerte um tapa na realidade e espere ela te dar outra face.
Entre numa busca frenética e maníaco-depressiva de alegria e faz da sua vida um belo show de inverdades.
Torna tua vida o que quiseres.
Torna-te proprietário do que queres.
E termine só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário