quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Carta para Fabíola

Todo mundo viu. Pega no flagra em adultério. 
Que absurdo, Fabíola! Errou feio, errou rude. Nada do que você disse pode desfazer o tamanho da burrada. Você podia ter pensado muito melhor antes de fazer isso e sei que já deve estar sentindo o peso do seu erro.  

Mas sua história me faz lembrar outra história bem parecida com a sua, de uma moça que também foi pega em adultério. Ela viveu numa época e num contexto bem mais machista que o nosso, então imagina o que fariam com ela... Iam literalmente apedrejá-la! Pra sorte dela, tinha um moço novo na cidade naquele dia. Ele tinha umas ideias meio estranhas e uns caras religiosos estavam doidos pra fazer todo mundo ficar contra ele. Aproveitaram da situação e levaram a moça pra que Ele a julgasse. Ela estava ferrada, com a licença da expressão. Pela lei da época, perder a guarda dos filhos era pouco pra dor que ela poderia sentir. 

Chegaram no moço. Ele mal olhou pra cima. Parecia estar mais interessado em escrever algo no chão do que olhar pra ela. Ela estava morrendo de medo. Bateram muito nela, afinal, ela mais do que merecia. Já estavam com as pedras na mão para atirar e só aguardavam a palavra final do Mestre pra mandar ver. Aí o moço olhou pra cima e disse uma frase que entrou pra História, mas todo mundo parece esquecer: "Aquele que não tiver pecado, que atire a primeira pedra". O moço fez todo mundo olhar pra dentro de si e, ao fazer isso, não sobrou ninguém. Falou com ela a frase mais libertadora de todos os tempos e mandou que ela não fizesse aquilo nunca mais. 

Sabe, Fabíola, tem muita gente brava com você e elas têm razão. Os erros dos outros não anulam o seu. Você vai  ter que lutar muito pra fechar várias feridas. Todavia, eu não te condeno. Se as pessoas que te amam quiserem te perdoar, elas têm esse direito e NINGUÉM tem algo a ver com isso. Se não quiserem, paciência, você vai ter que aprender a conviver com a dor. 

A diferença do seu pecado para o de muitos juízes aqui do Facebook é que o seu foi exposto pra todo mundo ver, mas se pudessem ver o WhatsApp de muita gente, elas seriam condenadas a sentenças iguais ou até piores -talvez com menos rigor, se forem homens. Não estou justificando o que você fez, mas gostaria de lembrar algumas pessoas que você não é a única a passar por isso e que se tivessem filhos, por maior ódio que tivessem no momento, não gostariam de vê-los envolvidos numa trama tão horrível. 

 A internet é cruel e um meio sem limites. Mesmo que você tenha cometido um dos pecados mais cruéis ao meu ponto de vista, fiquei profundamente triste ao ver a foto de sua família circulando na internet. Você tem uma filha linda que não merece o que estão fazendo com sua imagem. As pessoas que te agridem hoje não podem imaginar que a estão agredindo também. Sua família parecia feliz e seu marido parece um bom homem, apesar de transtornado na parte da história de vocês que a gente conheceu. Vocês poderiam ser amigos da minha família e eu imagino a dor pela qual todos ao redor de vocês estão passando, por isso me compadeço. Quem compartilhou o vídeo talvez não imaginasse a dor que causaria, nem mesmo ao seu marido, que muito provavelmente se preocupa com sua filha também. 

Eu espero que essa tempestade sobre sua vida e em especial na vida de sua família passe logo. Quanto aos juízes, não se preocupe agora. Eles serão julgados com o mesmo rigor com o qual julgam. Torçamos para que eles nunca tenham seus problemas pessoais expostos assim na internet. 

Gostaria de abraçar sua filha, uma menina tão linda, que me motivou a escrever esta carta. É principalmente por ela que escrevo. Espero que você e seu marido deem a ela a certeza de que não importa o quão grande esse incêndio seja, ela está segura com vocês. 

Olhe pra esse Moço que escreve na areia. Ele tem algo a lhe dizer. 

Com votos de paz, 
Amanda.



http://www.preachitteachit.org/articles/detail/what-did-jesus-really-write-in-the-sand-in-john-8/

34 comentários:

  1. Amanda, Deus a usou com certeza. Suas palavras expressam amor pelo próximo, independente de erros ou acertos. Simplesmente lindo. Concordo que foi exagero a proporção que isso causou. Também fiquei comovida ao divulgarem particularidades da vida dela. Me compadeci não só pelos adultos envolvidos, mas principalmente com as crianças. No meio disso tudo, com erros ou acertos dos adultos, elas devem ser protegidas e jamais envolvidas em situações de tamanho constrangimento. Desejo não só a Fabiola, mas a todos os envolvidos direta ou indiretamente na situação, discernimento daqui pra frente, para as próximas decisões que forem ser tomadas. Amor e Paz é o que devemos deixar sempre. Estarei divulgando sua carta para conhecimento geral, pois ela expressa muito bem a reflexão que todos deveriam fazer antes de divulgar algo nessa ferramenta que se não for utilizada da forma correta, só serve para semear discórdia.

    ResponderExcluir
  2. Muito difícil que uma mulher consiga trair seu marido sendo ele "tão perfeito",duvido muito! Acontece que muitos maridos no íntimo do seu lar, deixa a desejar em alguma coisa! Muitos pensam que colocar as coisas dentro de casa já é o suficiente para qualquer mulher se esquecendo que ela precisa de amor, carinho, cuidados e qualidade de vida!Fácil é condenar as pessoas sem saber o que ela realmente passa dentro de casa! Um homem pode levar uma mulher procurar na rua aquilo que ela não encontra em casa, a minha tristeza maior é saber que muitas sofrem dentro de casa e ainda temem pedir o divórcio pensando que são incapazes de dar a volta por cima!

    ResponderExcluir
  3. Que Jesus tenha misericórdia de te e te der a paz

    ResponderExcluir
  4. Que Jesus tenha misericórdia de te e te der a paz

    ResponderExcluir
  5. Concordo Nei falou tudo hoje vivemos no mundo onde a moda e curtir a desgraca do alheio e nem por isso devemos conde na los fico imaginar os filhos desta senhora o quao estao sofrendo mas DEUS e maior e irar curar a ferida dessa familia lembrando a todos que idepedente do credo raca e cor nao somos nada. Que Nossa Senhora e santissima trindade abencoe esta familia e a todos .

    ResponderExcluir
  6. ..100 +...PERFEITO..DEUS Abençoe vc tremendamente!

    ResponderExcluir
  7. ...100 +...PERFEITO, DEUS Abençoe Tremendamente!

    ResponderExcluir
  8. Arrepiei, Amanda! Foi uma das coisas mais sensatas que li desde a explosão do "caso" da Fabíola. E sem dúvidas, sinta-se abençoada por ser um ser iluminado e com pensamentos tão positivos.
    É difícil julgar e como você citou: "Aquele que não tiver pecado, que atire a primeira pedra". Muitos são os covardes e pecadores que aproveitam da situação para banalizar a vida de uma mulher, que apesar de ter cometido um erro é mãe, filha, amiga e vive em uma sociedade hipócrita onde é muito mais fácil esconder seus próprios erros e aproveitar os erros dos outros.
    Outro dia assisti um vídeo no "TED TALKS"chamado "Rethinking infidelity ... a talk for anyone who has ever loved", traduzindo: "Repensando a infidelidade... uma palestra para quem já amou". Achei super interessante, pois sendo bem breve, dentre tantas visões, ela "defende" pontos positivos de uma traição. Não que ela seja a favor, mas que pode haver uma solução.
    O ser humano se atrai pelo o que é proibido. É uma pena. Se haverá perdão ou não, torço para que a Fabíola tenha paz! Que a família dela tenha sabedoria para lidar com a dor, com o rancor, com as calúnias. Que este erro seja um motivo para rever as ações e recomeçar! Fabíola, te desejo paciência para saber esperar. O tempo te mostrará o caminho. Deus te abençoe!
    Amanda, continue escrevendo! Um beijo

    ResponderExcluir
  9. Amanda,
    Arrancou lagrimas dos meus olhos! Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Amanda faço deste texto as minhas palavras, e Fabíola, eu como mãe, filha, amiga, esposa, funcionaria e ser humano não te julgo, e peço a Deus que perdoe os julgamentos dos outros. Fique em paz.

    ResponderExcluir
  11. Que esse ato de amor ao próximo, perdão entre nas nossas vidas ,e que aqueles que lançaram as pedras nessa mulher possam refletir no que Jesus nos ensinou .

    ResponderExcluir
  12. Mto legal vc nos lembrar dessa passagem bíblica num momento em q todos querem julgar e se aproveitar dessa situação. Jesus veio mesmo para os pecadores e quem não tem pecados né. Parabéns texto lindo, íntegro e com certeza nos faz repensar a situação. Abraço

    ResponderExcluir
  13. Descupa Amanda mas e por pessoas assim que o Brasil esta como esta.Nao e pelo fato de ser homem que acho que voce esta errada mas sim por tenta por pano frio em fogo quente.Acho que sim, as pessoas nao estao nem ai com os seus atos porque sempre vai existir alguém como voce pra defender ou pra se aparecer. Temos que tratar esse caso como um exemplo para o futuro. Se nao que ficar com a pessoa simplismente termina e seja livre e feliz com quem quiser ou segue o exemplo da nossa amiga e asuma todas consenguencia. Amanda nao sei se voce ja esteve no luga dela e o que parece se nunca estive nao tem nenhuma moral pra fala algo. Eu sim ja sentive no lugar do marido dela e ja sentir esse sentimento de fracasso,despreso e muinto ruim voce deveria sim fazer uma Carta mas para ele que foi traido sem nenhuma compaixao. Oque voce esta fazendo amanda e como dizer que o ladrao so rouba porque nao tem o que comer. Pura burrise. Pronto falei. Descupa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido, sinto muito que você já tenha estado no lugar do marido traído. Realmente, a traição dói e nos faz sentir impotentes. Digo porque já passei por isso. Mas a carta não teve o papel de "por pano frio em um fogo quente". Creio eu que o objetivo da autora foi o de mostrar às diversas Fabíolas espalhadas pelo mundo que apesar de elas terem errado, a vida não acaba ai, e os outros não têm o poder de julgá-la.
      Eu repito: ela errou. Mas o marido dela errou também. E errou bem feio, porque a traição não tem que ser divulgada aos quatro ventos, como aconteceu nesse caso. Eles deveriam ter tido a maturidade de resolver o fato sem expor as suas vidas, seus filhos e suas famílias na internet. Não defendo o que ela fez, porque pra mim, traição é uma falha no caráter. Se não estava satisfeita com a relação, que buscasse solução ou pedisse o divórcio...
      Mas da mesma forma, o marido agiu de forma impensada e todos aqueles que se elegeram juízes do caráter alheio também erraram. Todos somos falhos, mas devemos cuidar das nossas próprias vidas e não sair por ai apedrejando os outros...
      E desejo de coração que se ainda houver alguma ferida em seu coração relacionada à triste experiência que você viveu, que Deus possa curar a sua alma e te dar forças pra virar esta página...

      Excluir
    2. Eddy vc conhece a verdadeira história? Não julgue.

      Excluir
  14. Olá, Amanda, boa noite!
    É aceitável nos compadecer com o próximo. Mas, seja prudente. Cuidado para você não fazer como os Direitos Humanos agem só olham para os bandidos e esquecem das vítimas em situações adversas desse fato. E nem se sinta lisonjeada pelo os comentários que estão falando a respeito da carta aberta. Nota-se que é pelo conteúdo da mesma. Não fizeram menção ao rapaz e a moça, (Sr e Sra). Você já viu o ditado "Pastor no púlpito é uma situação e ao deixar o mesmo se tornar uma pessoa totalmente adversa", pois é minha cara, não muda e nem acrescenta em nada é só bla bla e lhe digo mais, talvez tenham até compartilhado os vídeos. Desculpas se não me expressei bem ao seu nível. Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. O mundo está precisando de paz e as pessoas de Deus no coração... Quem somos nós pecadores para julgar? Se cada um cuidar do seu próprio erro talvez não tivesse tempo de cuidar do erro do outro, pois estaria ocupado demais em consertar os seus...Que Deus abençoe esta família e,que sirva para a Fabíola.

    ResponderExcluir
  16. Você não deve ter pecados não é mesmo Eddy?

    ResponderExcluir
  17. A Amanda não disse que é certo! O que ela quis foi mostrar às pessoas, que todo mundo erra, e que se nem Jesus condenou Madalena, quem somos nós para apedrejar a Fabíola. Você Eddy está se doendo por ter vivido uma situação parecida, seres humanos são falíveis! Não cabe a nós julgarmos, muito menos como está sendo feito na rede. É crueldade, cada um tem que cuidar da sua vida! O que é que temos a ver com a vida deles? Ninguém nunca chegou para aconselhar quando estavam juntos, Pq o fazer agora? Nós não somos ninguém para intervir na vida deles! Tenhamos mais amor e compaixão ao próximo, se não for para ajudar, levar conforto e paz, não sejamos a tempestade!

    ResponderExcluir
  18. Perfeita reflexão, estão crucificando ela por é uma sociedade machista. Quantos homens fazem isso e nunca tem essa exposição toda, não estou querendo dizer que ela agiu certo claro que não, mas penso nos filhos que deve estar sofrendo com essa situação. E o texto fala sobre julgamento, não julgue para não ser julgado e a gente só conhece a pessoa comendo e dormindo junto com ela.

    ResponderExcluir
  19. Vocês escrevem textos favoráveis ao perdão da Fabíola e expressando toda a benevolência "apesar do pecado dela".
    Mas que pecado? Quando dizem que ela errou, estão julgando-a, mesmo que absolvendo-a de imediato.
    Já pensaram que ela pode não ter errado?
    Já imaginaram que a moça só estava escolhendo um novo caminho que, de certa forma, a libertaria ou aliviaria de suas decepções passadas?
    O que o mariado traído já fez ou deixou de fazer para que esta mulher procurasse uma aventura para se distrair (ou, quem sabe, "destrair")?
    Ninguém sabe.

    ResponderExcluir
  20. Incrível.
    Amanda,quando Deus nos chama é sempre pra algo maior do que imaginamos e certamente Ele te chamou ,capacitou e ungiu .
    Diante da carta que escreveu ,digo sem exitar que com ela você representa outros corações com o mesmo pensamento sobre o assunto nela exposto.
    Alguns preferem espalhar mas existem aqueles que conhecem bem o Deus todo poderoso e lutam pra unir ,juntar e amar o próximo.

    ResponderExcluir
  21. Incrível.
    Amanda,quando Deus nos chama é sempre pra algo maior do que imaginamos e certamente Ele te chamou ,capacitou e ungiu .
    Diante da carta que escreveu ,digo sem exitar que com ela você representa outros corações com o mesmo pensamento sobre o assunto nela exposto.
    Alguns preferem espalhar mas existem aqueles que conhecem bem o Deus todo poderoso e lutam pra unir ,juntar e amar o próximo.

    ResponderExcluir
  22. Concordo cm você Amanda,quando citou uma passagem da bíblia,Jesus já nos ensinou á 2015 anos atrás,quem não tiver pecado que atire a primeira pedra!! Mas a sociedade é cruel nem mesmo depois de todos esses anos aprenderam com ele e você Amanda me parece uma pessoa de coração puro,no meio de um furacão detonando literalmente e destruindo mais uma família,conseguiu ver a parte boa que ainda resta na vida desse casal a filha linda como você disse.e o que eu espero sinceramente é que todos sejam perdoados,pai,mãe e filha! Abraço! Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  23. Engraçado porque se fosse um homem no lugar de não o teriam condenado

    ResponderExcluir
  24. Esse "moço" que a Amanda se refere é JESUS!!!! João 8:3-11 E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério;
    E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando.
    E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?
    Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.
    E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.
    E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.
    Quando ouviram isto, com a consciência pesada, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio.
    E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
    E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.

    Não entendi o pq a Amanda ocultou o nome do SENHOR dos senhores.
    Esse "moço" Amanda NÃO tinhas umas idéias mtas estranhas... Ele é a própria VERDADE, SABEDORIA, AMOR, VIDA O ÚNICO CAMINHO. Que o amor "desse moço" (JESUS) possa te alcançar.

    ResponderExcluir
  25. Li todos os comentários aqui escrito, cada atitude tem as suas consequências, por isso qual for a a que fomos tomar, examine-se antes
    Tem atitudes que são bênçãos e as destruidora, quem somos nós para julgarmos atitudes do próximo, Deus disse examine-se a você mesmo, o que tem por dentro, humano. É fácil atirar pedra em que tá exposto(a) duro é levar o seu amor para dentro de alguém, atirar pedra e ver o cisco nos olhos dos outros é fácil, o duro, é ver a trave que está nos nos os olhos e levar uma pedrada, gente todos nós iremos prestar conta um dia com o Senhor, ame o seu próximo como a ti mesmo, isso é difíci. Hummm

    ResponderExcluir
  26. Concordo plenamente. Vc me emocionou Amanda, pois venho dizendo a todos que comentao o caso comigo... Quem não tem pecado que atire a primeira pedra. DEUS abençoe a vida dessa moça e ajude a se reerguer. Amém

    ResponderExcluir
  27. As vezes temos que cair pra aprender se levantar, que Deus abençoe a Fabiola e a Amanda por ser temente a Deu.

    ResponderExcluir
  28. E engraçado ao fala q o marido errou feio ,nada disso teria acontecido se ela n tivesse o traindo com o próprio cunhado a história começou com o marido espondo a esposa ao ridículo ou com a esposa traindo o marido e a própria irmã esse texto pra mim n passa de um ensentivo ao erro

    ResponderExcluir
  29. acho q essa atitude é apenas mais uma maneira de expor a situação, muito fácil né tocar as feridas dos outros. ao invés de continuar espalhando o caso deveriam está orando por essa e tantas outras famílias q estão passando por problemas semelhantes e pedir forças p Deus p q nunca se encontre envolvido em algo desse tipo. vamos nos avaliar , fazer uma análise ,se gostaríamos de receber uma cartinha assim em rede social, quer pense se ao invés do nome fabíola tivesse o seu. quer ibope? vai ser atriz....

    ResponderExcluir
  30. eu acho o seguinte, nenhum de nos temos o direito de julgar, o que ela fez será cobrado por Deus! Agora é o seguinte, vc n conhecer a palavra e pecar, mais se arrepender e não pratica-lo mais, é uma coisa, agora nos tempos de hoje, o povo esta usando muito a bíblia pra defender seus pecados, muitos ja fazem com a seguinte linha de pensamento: "vou fazer, e deus me perdoa depois", e muitos não se arrependem, ou mesmo nem pensam em Deus, tanto faz, apenas se fazem de vitimas e usam o nome de Deus e o seu livro sagrado pra tentar cobrir os seus erros! Jesus nosso salvador, foi bem claro quando falou com aquela mulher, "vá, e não pequei mais!! Mais só cabe a Deus julgar, não a nos, ela não pensou nos filhos dela, muito menos no marido, fez pq, sera q ja tinha feito e se arrependido e fez outra vez? Nao sei.. Ele merecia isso? E a família?... Realmente, eu entendo que se fosse um homem o fato não teria tanta repercussão, os homens estão errados do mesmo jeito ao praticarem tal ato, com certeza! mais as mulheres estão usando isso a favor delas para fazer igual, olha o pensamento da maioria.. "ah, se os homens fazem, nos mulheres tbm temos o direito! Meu deus kkkk, trair virou um direito agora? o fato é que estamos no fim dos tempos! só coloquei isso pra expressar minha opinião!

    ResponderExcluir